domingo, 17 de fevereiro de 2008

Respeito.

Há uns 6 ou 7 anos, minha amiga Natália veio me mostrar uma tatuagem que encontrou na internet, com a frase "Art is why I get up in the morning, but my definition ends there; it doesn't seem fair, I'm living for something I can't even define." A frase é ótima, mas o que ela queria que eu visse mesmo, era a tipografia que imitava uma máquina de escrever. Ela disse então que faria uma tatuagem no mesmo estilo, mas escreveria apenas "Respeito."

Claro que 6 ou 7 anos depois, eu não imaginava que isso fosse ser levado a sério. Nem tampouco fazia idéia de onde tinha ido parar a imagem que ela arrumou na internet. Mas pouco antes do carnaval, ela veio na minha casa e nos sentamos para fazer de uma vez o "desenho" da tatuagem.

Sem a foto de referência (só achei anteontem num backup antigo), eu mostrei a fonte American Typewriter a ela e começamos a fazer pequenas alterações para ficar do jeito que ela queria.

Depois de muito vai-e-vem, ela acabou indo pra casa com as 2 opções acima, pois não conseguiu decidir como seria. Ficou combinado que eu iria junto esta semana fazer a tattoo, mas tive uma reunião inesperada e não pude. Ainda não vi pessoalmente como ficou, mas ela postou a foto abaixo no Orkut.

Por telefone, ela me disse que achou perfeita. Valeu a pena a longa espera.

2 comentários:

Natália Alem disse...

Duda, "Repeito." não, pelamordedeus!!!!
KKKKKK
Queria ter achado a foto antes. Mas a tattoo ficou liiiiinda!
Valeu pelo post, hehehe!
Bjo!

Eduardo Rocha disse...

heeheheheh
Corrigido!

Pelo menos esse tá na cara que foi erro de digitação!

Bjo.